Assim, não — direto do Weblog por Pedro Dória

01.03.2004 | Mal começou e acaba de sair do ar a versão árabe do Big brother. Foi considerada, pudera, antiislâmica.

Bem que a produtora de tevê saudita tentou adaptar ligeiro o modelo. A casa era dividida em duas alas, uma para mulheres, outra para homens; havia uma sala dedicada apenas à reza.

Mulheres e homens solteiros vivendo na mesma casa, no entanto, foi um pouco demais para o povo do pequeno Bahrain. Na sexta-feira, 1.000 pessoas foram às ruas numa passeata contra o programa. Ontem, saiu do ar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.