Ligações fortes não morrem nunca

Aos poucos, estou reencontrando velhos amigos queridos; pelo menos, virtualmente. Semana passada, conversei por e-mail com meu grande camarada Tomás e também o Glauber, colegas de Executiva Nacional. Hoje consegui falar com o Paulo, que está morando nos EUA.

Estou muito contente em poder retomar o contato com pessoas de meu círculo de amizades, que prezo muito.

Essa virada que aconteceu nesses meses de dezembro, janeiro e fevereiro me fez reencontrar muitas coisas importantes para mim, no sentido emocional e espiritual. Foi realmente muito especial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.