Hang the DJ, hang the DJ, hang the DJ…

Sexta-feira foi minha primeira performance de discotecagem em anos! E nem me lembrava mais como eu gosto de colocar som em festa. Tem toda a “ciência” de escolher as músicas de acordo com o clima da festa e do público, ordená-las por caráter, fazer CDs, buscar versões, controlar os toca-discos, enfim, é muito bom. Eu já tinha conversado com o João e a Dani (organizadores da Noisy) da possibilidade de ser DJ por um dia, mas não achei que o convite fosse tão rápido. Gostei muito da seleção do Danilo, que foi um especial Smiths-Morrissey.

Gostei tanto que já estou pensando em fazer uma festa de encontro de DJs, mas com um clima um pouquinho diferente da Noisy. Estou pensando em convidar alguns amigos que gostam de colocar som. O Fabrício já me comentou que queria fazer um festim e convidar vários “DJs”. Estava pensando em convidar meu primo Felipe, de quem herdei vários discos. Estou pensando em fazer uma programação de vários estilos para a noite.

Voltando para Noisy, até amanhã eu vou postar as fotinhos e a seleção de músicas da sexta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.