Sobre Pet Sounds


Está rolando uma discussão no blog do Fabrício sobre a verdadeira importância do “Pet Sounds”, do Beach Boys, polemizando a sua escolha como o segundo maior disco de todos os tempos. Resolvi colocar minhas impressões aqui também.

O “Pet Sounds” é um excelente disco. O melhor dos Beach Boys. Se é que podemos dizer que foi uma criação dos Beach Boys mesmo, já que muitas das músicas foram executadas por músicos de estúdio. “God Only Knows” é uma música linda, “Pet Sounds” tem ótimos momentos, mas entendo que para ser o segundo maior disco de todos os tempos, é preciso muito mais que isto.

E sim, os Beach Boys são ótimos, ninguém tem dúvida disto; mas eles fizeram bem algo que já tinha sido extrapolado pelos Beatles e de maneira magistral. Algo do tipo enquanto os Beach Boys pegavam o fubá, os Beatles já tinham o bolo e a calda de morangos prontos e tavam tomando o cafezinho. E isto, comparando só com os Beatles, não falei nada de outras grandes bandas como Led Zeppelin ou Rolling Stones, ou até mesmo Bee Gees ou Earth, Wind and Fire, encaixando todos em seus devidos contextos.

Para mim, criaram toda uma estória em volta de uma suposta “disputa” entre os Beatles e os Beach Boys, que até podiam ser amigos e até quem sabe podiam ter tido realmente a tal disputa, mas só para colocar o álbum num patamar que ele não está.

A eleição da Rolling Stone (era esta a revista, não?) não foi dos maiores discos de todos os tempos. Foi a eleição dos discos que a turma achava os mais legais. E só. Não tem nenhuma crítica musical nisto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.