Olha, mãe! Sem as mãos!
Ontem fui no médico: “Pode largar as muletas, tu não precisas delas”. Eu acreditei em Jesus. Joguei longe as muletas e saí caminhando: “Estou curado! Estou curado!”.

Sim, hoje vim trabalhar caminhando normalmente. De vez em quando, o cagaço se revela inconscientemente, mas estou lutando bravamente contra. O inchaço no joelho continua e isso faz com que os meus movimentos não sejam tão naturais ainda. Mas passados mais de 20 dias, estou me sentindo melhor que nunca.

Rumo à partida de futebol em julho! Aguardemmmm…!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.