Cinemaniacs
Ontem eu fui ver o “21 Gramas” no Guion. Tirando a boa edição entrelaçando diversos momentos da estória e as cores pálidas da câmera nervosa do diretor Iñárritu (“é assim que vemos o mundo, não usamos gruas”), achei o roteiro chato. A suposta temática “morte” é discutida em tons novelescos. Vejam “As Invasões Bárbaras” e “O Quarto do Filho“, para entender do que estou falando.

Me diverti mais (de verdade!) vendo o “O Último Samurai” na terça passada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.