Quais plug-ins não devem faltar em um projeto com WordPress?

Uma das perguntas recorrentes em fóruns de suporte é “quais os plug-ins devo ter no meu website”? Veja aqui uma lista ampla de plug-ins por mim conhecidos para atender às necessidades da maioria dos projetos.

Uma das perguntas recorrentes em fóruns de suporte do WordPress é “quais os plug-ins ‘obrigatórios’ que devo ter no meu website?” ou “quais plug-ins não devem faltar no meu site?”, dentre outras semelhantes.

Pois bem, minha ideia neste texto é tentar esclarecer a relação entre plug-ins e o WordPress e fazer uma lista ampla de plug-ins por mim conhecidos para atender às necessidades recorrentes na maioria dos projetos.

(Antes de sair adicionando plug-ins, tu já fizeste a configuração inicial que sugiro na minha palestra “10 coisas que deves fazer após criar teu blog WordPress“?)

O que são plug-ins?

Sobre os plug-ins, já deves saber que são complementos ao WordPress que adicionam funcionalidades que não estão no “core”, isto é, no núcleo do WordPress. Na prática estas funcionalidades não estariam embutidas na instalação básica da nossa plataforma preferida.

Sendo assim, os plug-ins são incluídos no nosso trabalho para atender a uma necessidade específica que nem o WordPress e nem o tema escolhido não oferecem.

Plug-ins que “não devem faltar”

Como sempre, não existe uma resposta única para todos os projetos baseados no WordPress. Os plug-ins que “não devem faltar” estão ligados ao objetivo do teu trabalho. De qualquer maneira, normalmente consideramos seguintes tópicos que não estão cobertos totalmente pelo núcleo do WordPress: 

  • segurança 
  • desempenho 
  • SEO 

Passo abaixo um apanhado de plug-ins que podem complementar teu trabalho, para torná-lo mais robusto. A lista é baseada em minha experiência como programador WordPress nestes últimos anos. 

Plug-ins para aumentar a segurança

Para segurança, temos vários plug-ins que procuram ser um “canivete suíço”, com várias funcionalidades. Te listo três: 

iThemes Security: https://br.wordpress.org/plugins/better-wp-security/
Wordfence Security: https://br.wordpress.org/plugins/wordfence/
Defender Security: https://br.wordpress.org/plugins/defender-security/

Pessoalmente, eu uso o iThemes Security. Acho completo e sempre está sendo atualizado. Todos já têm um “assistente de iniciação”, que faz uma configuração inicial do plug-in para oferecer uma segurança mínima.

Para este tópico, sugiro consultar a lista WordPress Security Checklist (http://
listadesegurancawp.org/
), compilada pelo meu amigo Rafael Funchal, que é uma referência fundamental para te certificar que teu blog está seguro.

Plug-ins para melhorar o desempenho

Para velocidade, normalmente usamos a técnica de “cache” para tornar mais rápido o acesso, mas existem outras técnicas, como a redução dos tamanhos de arquivos de imagens e de código (JavaScript, CSS etc.) e a compressão destes no envio dos arquivos pelo servidor. Há plug-ins específicos e há plug-ins que tentam reunir diversas funcionalidades. 

Plug-ins para compressão de imagens

reSmush.it: https://br.wordpress.org/plugins/resmushit-image-optimizer/
Imagify: https://br.wordpress.org/plugins/imagify/
Smush: https://br.wordpress.org/plugins/wp-smushit/
Imsanity: https://br.wordpress.org/plugins/imsanity/
ShortPixel Image Optimizer: https://br.wordpress.org/plugins/shortpixel-image-optimiser/

Eu uso o reSmush.it. Foi um dos primeiros plug-ins de compressão que conheci, é gratuito e fácil de usar. 

Plug-ins de cache 

Fastest Cache: https://br.wordpress.org/plugins/wp-fastest-cache/
LiteSpeed Cache: https://br.wordpress.org/plugins/litespeed-cache/
WP Super Cache: https://br.wordpress.org/plugins/wp-super-cache/
W3 Total Cache: https://br.wordpress.org/plugins/w3-total-cache/

Eu uso o Fastest Cache por ser simples e fácil de usar, mas os outros têm mais opções para controlar como está sendo feito o cache e podem ser importantes para otimizar ao máximo tua hospedagem. 

Plug-ins de otimização

Autoptimize: https://br.wordpress.org/plugins/autoptimize/
Hummingbird: https://br.wordpress.org/plugins/hummingbird-performance/
WP-Optimize: https://br.wordpress.org/plugins/wp-optimize/

Estes procuram juntar em um só lugar várias técnicas para tornar teu website mais rápido. Eu uso de acordo com o projeto, às vezes, não uso nenhum. O mais “querido” da comunidade é o Autoptimize. 

Plug-ins para SEO

Yoast SEO: https://br.wordpress.org/plugins/wordpress-seo/
Rank Math: https://br.wordpress.org/plugins/seo-by-rank-math/
All in One SEO: https://br.wordpress.org/plugins/all-in-one-seo-pack/
SmartCrawl: https://br.wordpress.org/plugins/smartcrawl-seo/

SEO é uma técnica para tornar teu website mais fácil de ser indexado pelos mecanismos de busca, especialmente o Google. Isso colabora para que ele seja mais facilmente encontrado pelos usuários e, principalmente, teu público-alvo.

O Yoast SEO é o meu preferido, por ser muito didático e completo. Sua versão básica serve para a maioria dos projetos e no caso projetos maiores, há complementos pagos que cobrem problemas específicos. 

Conclusão

O uso de plug-ins complementares é, sem dúvida, uma técnica importante para auxiliar na segurança e desempenho de qualquer projeto baseado no WordPress, mas eles devem ser usados com critério, de acordo com a necessidade do trabalho. Não adianta encher teu sítio de plug-ins e achar que eles irão resolver o problema sozinhos.

Também vale destacar que todos os plug-ins acima listados têm suas vantagens e desvantagens, não pretendo me estender nisso, porque é muita coisa para considerar. Minha ideia com este artigo foi listar plug-ins que me são conhecidos por tópico e funcionalidade para que possas fazer teus próprios testes.

Todos os plug-ins listados são bem recomendados e são gratuitos (pelo menos em suas funcionalidades básicas, que servem para a maioria dos projetos).

Tens alguma sugestão de plug-in que não listei aqui? Ficaste com alguma dúvida? Comenta aí embaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *