Quando descobri que o INXS morreu

Sendo fã do INXS, sempre fui reticente em ouvir o que a banda havia produzido depois da trágica (e tão comentada, cheia de boatos) morte de Michael Hutchence.

Pois hoje resolvi escutar “Switch“, primeiro e único disco com algum vocalista estável (J. D. Fortune, escolhido em um reality show), do início ao fim.

O disco tem altos e baixos, o novo vocalista é competente, acrescenta um pouco à banda, Andrew Farriss continua um bom compositor de Pop/Rock e até tem uma fagulha do “velho e bom INXS” em alguns momentos, como em “Devil’s Party” ou “Pretty Vegas” (casualmente canções com letra de J. D. Fortune).

Mas a banda acabou. Como diz um verso da própria canção Pretty Vegas, “The party’s over and we’re moving on” (A festa acabou e estamos indo embora).

A morte de Michael Hutchence arrancou o coração da banda e não tem como substitui-lo. Descanse em paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *