Quando descobri que o INXS morreu

Sendo fã do INXS, sempre fui reticente em ouvir o que a banda havia produzido depois da trágica (e tão comentada, cheia de boatos) morte de Michael Hutchence.

Pois hoje resolvi escutar “Switch“, primeiro e único disco com algum vocalista estável (J. D. Fortune, escolhido em um reality show), do início ao fim.

O disco tem altos e baixos, o novo vocalista é competente, acrescenta um pouco à banda, Andrew Farriss continua um bom compositor de Pop/Rock e até tem uma fagulha do “velho e bom INXS” em alguns momentos, como em “Devil’s Party” ou “Pretty Vegas” (casualmente canções com letra de J. D. Fortune).

Mas a banda acabou. Como diz um verso da própria canção Pretty Vegas, “The party’s over and we’re moving on” (A festa acabou e estamos indo embora).

A morte de Michael Hutchence arrancou o coração da banda e não tem como substitui-lo. Descanse em paz.

Phoenix: Playground Love (acústico)

Bela versão de um clássico dos franceses do Air

Ficou MUI-TO BOA esta versão do Pheonix (grande banda!) para o clássico Playground Love dos franceses do Air. Olha!

O clique faz parte do MTV Acústico da banda. Clica aqui para ver Lisztomania, a primeira canção do setlist da noite.

Pré-estreia do Ensemble Gnattali

É dia de escutar o melhor do choro em Porto Alegre

Em preparativos para uma turnê pela Europa, o Ensemble Gnattali faz uma “pré-estreia” na galeria e espaço cultural La Photo, em Porto Alegre.

O conjunto é formado pelos músicos Artur Elias, Cosmas Grieneisen e Paulo Inda, parceiros de longa data, que venceram o concurso do Ministério da Cultura para divulgar a música de câmara brasileira no velho continente.

Clica aqui para ver uma amostra da performance do Ensemble Gnattali.

O concerto ocorre hoje, dia 26 de janeiro, a partir das 21 horas. O espaço La Photo fica na travessa da Paz, 44, ao lado do parque da Redenção. Ingressos a 5 e 10 reais. Informações pelo telefone (51) 3221-6730.

Metaleiros virtuoses também amam os Beatles

Formada por músicos de grande calibre, Yellow Matter Custard homenageia os Beatles com os arranjos originais

Este não é mais uma banda de tributo aos Beatles. Pelo menos, não é uma banda qualquer. Yellow Matter Custard é uma superbanda formada por músicos  de bandas de rock pesado consagradas como Mike Portnoy (Dream Theater, Transatlantic, OSI, Liquid Tension Experiment, Liquid Trio Experiment), Neal Morse (Transatlantic, Spock’s Beard), Paul Gilbert (Racer X, Mr. Big) e Matt Bissonette (Mustard Seeds, Jughead, The Squirts, Joe Satriani, ELO).

Movidos pela paixão pela maior banda pop de todos os tempos, o grupo se reuniu para fazer um show em 2003, do qual se tirou este bootleg. Além de contar com sua formidável técnica, os músicos seguiram os arranjos originais e também utilizaram instrumentos usados pelos Beatles.

Vale a pena conferir!

Para baixar, clica aqui.